O vestido ideal para cada tipo de corpo

Com este guia, você aprende quais modelos combinam com a sua silhueta. Além de destacar os pontos fortes e disfarçar os defeitinhos, eles são lindos! Veja só:

Tipo de corpo: Ampulheta

ampulheta

Aposte em: decotes em V, para alongar a silhueta; peças ajustadas, que valorizam suas formas; comprimentos acima dos joelhos.
Evite: cintos grandes na cintura; detalhes na região dos quadris e seios, para não dar mais volume; modelos muito amplos e decotes acentuados.

Tem que ter: sapato nude, pois ele alonga a silhueta.

Modelos ideais: alcinha, frente única, trapézio e chemisier.

Tipo de corpo: Seios pequenos

seios pequenos

Aposte em: babados, drapeados, aviamentos e outros detalhes no busto, a fim de dar volume à região; gargantilhas e colares curtos com pingentes para valorizar o colo; peças de listras e cores claras na região do busto.
Evite: modelo tomara que caia, que achata os seios.
Tem que ter: sutiã com bojo. Ele dá volume à região.
Modelos ideais: império, alcinha, frente única, trapézio e chemisier.

Tipo de corpo: Seios grandes

seios grandes

Aposte em: tons escuras no busto; cintos na altura do quadril: dão volume à região e deixam o corpo proporcional; modelos com listras verticais na altura do busto.
Evite: decotes muito acentuados a deixarão vulgar; peças fechadas no colo, pois criam volume na região; cores claras ou estampas exageradas na parte de cima.
Tem que ter: sutiã estruturado.
Modelos ideais: império, frente única, trapézio e chemisier.

Tipo de corpo: Pera

Pera

Aposte em: cores claras, estampas e detalhes na parte superior do corpo para criar volume; decotes amplos, que aumentam os ombros.
Evite: cintos chamativos, que criam volume na região; modelos transpassados, pois reduzem mais a cintura; cores claras na parte de baixo do corpo.
Tem que ter: ombreiras discretas – alinham cintura e ombros.
Modelos ideais: império, frente única, tomara que caia e chemisier.

Tipo de corpo: Triângulo invertido

triangulo invertido

Aposte em: modelos volumosos na parte de baixo, tipo evasê; tons escuros na parte de cima do corpo; detalhes na parte de baixo: babados, drapeados, etc.
Evite: ombros estruturados; decote canoa, tomara que caia e frente única, que ampliam os ombros.
Tem que ter: sapato com detalhes – eles fixam a atenção para a parte de baixo do conjunto.
Modelos ideais: tubinho, trapézio e chemisier

Tipo de corpo: Retângulo

Retângulo

Aposte em: detalhes na região do busto para criar volume; modelos transpassados, que criam a sensação de curvas ao corpo; cintos nos quadris; listras horizontais.
Evite: vestidos de corte reto; modelagens amplas; brincos compridos, que acentuam a falta de curvas.
Tem que ter: bijus arredondadas, pois dão harmonia ao conjunto.
Modelos ideais: tubinho, trapézio e chemisier.

Tem que ter: cinta modeladora
Modelos ideais: de alcinhas, tubinho, frente única, tomara que caia e chemisier.

Tipo de corpo: Gordinha

Gordinha

Aposte em: peças com mangas, que escondem a flacidez dos braços e das costas; modelos transpassados, que disfarçam a barriguinha; comprimentos no joelho; decote em V; peças ajustadas ao corpo.
Evite: tecidos reluzentes; peças sem caimento e muito amplas.
Tem que ter: colar comprido, que alonga a silhueta.
Modelos ideais: tubinho e chemisier.

Tipo de corpo: Barriga

Barriga

Aposte em: tons escuros, que disfarçam o abdome; peças que chamem a atenção para a parte de cima do corpo: decotes, drapeados, etc; listras para alongar; modelos transpassados que disfarçam gordurinhas.
Evite: estampas exageradas; peças claras e justas.

Tenho um vestido que não é o modelo ideal para o meu corpo, e agora?

Não se desespera, é só trazer pra gente que nós damos um jeito de moldá-lo ao tamanho seu corpo!